Tag: ervas

Vitex: que erva é essa?

Vitex: que erva é essa?

Vitex! Esse arbusto de origem mediterrânea andou ganhando fama nos grupinhos de internet nos últimos tempos. Manas, acho massa esses grupos, estou em vários deles, tem ajudado muitas mulheres a, antes de tudo, saberem que não estão sozinhas e não são ETs. Informação é livre […]

Tratamentos naturais podem trazer autonomia na saúde

Tratamentos naturais podem trazer autonomia na saúde

O interesse crescente por tratamentos naturais pode ajudar a mulher a ter autonomia sobre sua saúde. Claro que no tangente a cuidados simples e não em casos de doenças graves ou crônicas. Nesse caso o acompanhamento médico se faz necessário, mas ainda assim a autonomia […]

Os Banhos de Assento

Os Banhos de Assento

Desperdício, consumo sem consciência, produção de resíduos excessivos ao planeta, uso desenfreado de substâncias químicas. Quem está acompanhando a chegada da era de aquário já se ligou que essas ideias estão cada vez mais sendo deixadas pra trás. E já vão tarde.

Em meio a todo caos uma revolução linda está acontecendo, e ela vem recheadinha de palavras como consciência, minimalismo, sustentabilidade, vida natural e SIMPLICIDADE.

A ginecologia natural enquanto forma de compreender e lidar com nosso corpo é a novidade mais velha dos últimos tempos: resgata coisas que a vovó fazia e de repente até tentou nos ensinar, mas a indústria e as propagandas nos convenceram que não funcionavam porque moderno é tomar remédio e viver no tempo acelerado das máquinas.

Trago boas e más notícias: a má é que fomos enganados, a boa é que os tratamentos que nossas ancestrais usavam funcionam, funcionam muito e até melhor do que os da farmácia. Além de serem conscientes, sustentáveis, naturais e SIMPLES.


Excelente representante da volta dos que nunca deveriam ter ido: os banhos de assento.


Adoro,
delícia,
um carinho pra PPK.


Sabem o que acho interessante?

Ele nos pede TEMPO. Nada de mais, entre preparar e deixar a vulva “de molho” não leva mais que 40 minutos. Um tempo que muita gente diz não ter. Mas a reconexão nos chama a sentir, perceber, ouvir e atender aos pedidos do nosso corpo.

Fazer um tratamento natural como os que sugerimos aqui, sentir o cheiro de uma planta exalando da panela, sentir sua energia vital enquanto escuta uma música tranquila ou faz uns minutos de silêncio, vibrando seu interior desejando coisas boas a si mesma. Traz de volta a sensação de verdadeiramente SE CUIDAR.

BEM diferente de engolir um comprimido e seguir a vida.
Experimenta!

•••⠀
Te convido a participar do meu CURSO ONLINE “Ervas e Práticas na Ginecologia Natural” nele vou explicar direitinho como preparar um banho de assento, além de outras práticas como compressas com ervas e muito mais.

Saiba mais em: www.ginecologianatural.com.br/curso-online/
#paixaoporervas

Ilustração @mariammaf

O Barbatimão na Ginecologia Natural

O Barbatimão na Ginecologia Natural

Eu sempre dou preferência para o uso de plantas nativas do Brasil – por motivos de serem belas, fortes, impávidos colossos e muito fáceis de achar. 🌿💚💛💙 O Barbatimão é oficialmente uma das minhas favoritas pra tratar as famosas bucetites – incluindo cistites. Eu falo de […]

VITEX – O que você precisa saber sobre essa planta.

VITEX – O que você precisa saber sobre essa planta.

Esse arbusto de origem mediterrânea andou ganhando fama nos grupinhos de internet nos últimos tempos. Manas, acho massa esses grupos, estou em vários deles, tem ajudado muitas mulheres a, antes de tudo, saberem que não estão sozinhas e não são ETs. Informação é livre mesmo […]

Gerânio

Gerânio

Seu nome científico é geranium sp e inclui diversas espécies na família geraniceae.

As qualidades hemostáticas do gerânio constringem o tecido e estancam hemorragias, o tornando útil no combate de úlceras, pequenos cortes e para regular o fluxo menstrual. Pra quem está menstruando excessivamente ele reduz o fluxo.

O óleo essencial de gerânio é utilizado para o tratamento de dores de garganta e antisséptico para feridas na pele. É considerado o óleo da feminilidade e devido a sua ação antidepressiva e ansiolítica, combate o stress e as alterações de humor, por isso maravilhoso para usar no período pré menstrual.

A foto eu tirei em Urubamba na minha viagem ao Peru. Esse Gerânio que vive no quintal da minha hermana Vanise.

Tansagem

Tansagem

 Nome científico: Plantago major L. Também chamada de Tanchagem ou Transagem (além de Taiova, Orelha de veado, Transagem, Tanchá ou 7 nervos). Planta facinha facinha.  Fácil cultivo, não necessita de cuidados especiais, cresce em praticamente qualquer lugar, floresce o ano inteiro. Ela é dessas! É […]

A Vaporização de Útero e a Ciência

A Vaporização de Útero e a Ciência

Com todo esse movimento lindo que está rolando de resgate dos saberes e práticas ancestrais cresceu muito o interesse das mulheres pelas vaporizações do útero.  Vaporização do útero é um ritual energético e também um tratamento da ginecologia natural.  Como funciona: Consiste em ferver um […]

Plantas – Barbatimão

Plantas – Barbatimão

Espécie típica do cerrado brasileiro esse é um dos nossos queridinhos.
Nome científico: Stryphnodendron adstringens
Partes utilizadas: folhas e casca

Trata-se de uma arvore de médio porte, suas folhas podem ser utilizadas para fazer compressas e cataplasmas ou também em forma de pomada para tratar feridas e queimaduras acelerando o processo de cicatrização. Porem suas propriedades concentram-se mais nas cascas dos troncos e galhos e na ginecologia natural é essa parte que vamos usar.
Estudos comprovam sua ação antibacteriana, antioxidante, analgésica, desinfetante,adstringente, diurética, coagulante, anti-inflamatória, anti-hemorrágica e antisséptica.
O chá de Barbatimão é ótimo para combater dores de garganta, gastrite e para tratar infecções em geral, especialmente a urinária.Tendo o mesmo efeito sob a forma de tintura.
Pode ser usado também como sabonete íntimo.


Mas o meu uso favorito é ……. o BANHO DE ASSENTO.

Manas, maravilhoso!! Trata o que? BUCETITES! Inclusive cistites.
Para candidíase é santo remédio levando ao alivio rápido dos sintomas.

O banho de assento com casca de barbatimão pode ser usado também após uma noite (ou dia, ou dias e noites rá) de sexo assim muito caliente quando a xoxota ta naquele misto de felicidade com pedido de arrego. Melhora o tônus vaginal e DIZEM que da uma bela apertada na vagina.

Ah, e é maravilhoso para cuidar dos períneos no pós parto normal, especialmente se houver lacerações, pontos e (infelizmente) episiotomia.

Como faz?


Por ser uma parte dura da planta deve ser preparado por decocção: ferve a água junto com um punhado de cascas por uns 15 minutos, desliga o fogo, tampa e deixa mais uns 10 minutos. O ideal é ficar bem concentrado. Coa, mistura um pouco de água mais fria pra dar uma amornada, bota na bacia e senta gostoso.
Por quanto tempo? Até esfriar ou mais, se você quiser.

Não deixa de aproveitar o momento meditativo pra entrar em contato com seu feminino. Lembra que isso (super) faz parte da cura.