Puéperas não usem cinta!

Puéperas não usem cinta!

Puéperas = mulheres que estão no período do pós-parto imediato:

Peloamordadeusa, não usem cinta!
Você não precisa, você não é obrigada e não adianta.
Você não precisa porque você é maravilhosa. Incrível mesmo.
Você acabou de passar por uma gestação, viveu uma intensa transformação, deu à luz a uma nova VIDA. Seu corpo demorou meses para se modificar e não vai ser rápido que ele vai voltar. Ele volta aos poucos. Se você engordou demais na gestação, equilibre sua alimentação, quando puder procure praticar exercícios. Talvez seu corpo nunca volte a ser exatamente como antes, porque nada é como antes depois que se tem um filho.


Você não é obrigada porque você acabou de gerar e acabou de parir e seja por que via for isso esta bem longe de ser algo fácil.


E agora você esta se recuperando e ao mesmo tempo cuidando de um bebê recém nascido que demanda muito trabalho, você esta amamentando, você mal consegue dormir. Você busca e merece apoio, carinho e compreensão, e não uma barriga chapada. Isso não tem a menor importância agora. Se seu marido, a sociedade ou você mesma se cobram isso entenda que isso é uma forma cruel de opressão a uma mulher em seu provavelmente momento mais delicado da vida. Uma cobrança injusta e irreal.


E por fim, se nada disso te convenceu eu te digo que (infelizmente ou felizmente) a cinta não adianta NADA. Algumas mulheres se sentem mais “firmes” usando a cinta (eu questiono essa sensação como real ou fruto das naturais inseguranças nessa fase somadas a mais essa: a de ser linda, mas ok). Mas a cinta não faz a barriga voltar. Não desfaz como mágica a flacidez. A cinta só disfarça. Se cinta emagrecesse ninguém fazia lipo, redução de estômago, academia, dieta. Bastava comprar uma.


Uma mulher recém parida não é obrigada a além de tudo ter que ficar toda espremida, desconfortável, quente, com redução da mobilidade e as vezes até mesmo da respiração, em nome do quê gente?? Por quê??


Se liberte. Seu corpo é formidável. Graças a ele a humanidade segue existindo. Desconheço algo mais lindo do que isso.

Comentários