Corrimento vaginal (Leucorreia)

Corrimento vaginal  (Leucorreia)

Entenda o corrimento vaginal

São as alterações caracterizadas por um fluxo vaginal ANORMAL, geralmente com volume aumentado, podendo ter ou não cheiro desagradável, irritação, coceira ou ardência na vagina ou na vulva ,vontade de urinar freqüentemente, coloração ou consistência diferente.

Outra coisa é a secreção vaginal normal, básica, aquela de todo dia. Essa é pouquinho, branquinha sem cheiro e sem irritação.

Muitas mulheres confundem uma com a outra.

Quando uma mulher no consultório me diz “eu tenho um corrimento desde novinha…” Eu já me espanto rs. Corrimento não é uma doença crônica como Hipertensão. Não é uma coisa que você possua indefinidamente, ninguém ‘tem’corrimento, você pode ‘estar’com corrimento.

Aquela coisinha de nada ali no fundo da calcinha, as vezes tipo uma massinha, faz parte da vida das mulheres e isso é bom!! Não deve ser tratado. Ela é proveniente da secreção das glândulas cervicais e das glândulas de Bartholin, da descamação das células vaginais e da flora vaginal. Protege naturalmente a vagina contra infecções e mantém o PH e a lubrificação adequada.

Para que se caracterize como uma vaginite é necessário que este fluxo apresente um padrão anormal.
Porém mesmo a secreção natural tem modificações devido a vários fatores como temperatura, vestimenta e principalmente a fase do ciclo. Assim como também é diferente de mulher para mulher.

Em algumas mulheres ela é naturalmente mais abundante, sem que isso seja um problema e, em certas fases do ciclo, ela também aumenta como no período fértil e na fase pré-menstrual e durante a gestação também.


Como saber então quando estou com corrimento?


Se conhecendo, se observando, sabendo qual é o seu padrão normal, para então identificar quando está esquisito. De uma forma geral, a leucorreia costuma causar um incômodo que o fluxo normal não causa, mas se precisar de ajuda inicialmente para identificar a diferença peça a um ginecologista para visualizar seu colo uterino e seu canal vaginal e te explicar.


– VOCÊ visualizar, não só elx, pra isso inventaram o espelho –

Comentários