Os Banhos de Assento

Os Banhos de Assento

Desperdício, consumo sem consciência, produção de resíduos excessivos ao planeta, uso desenfreado de substâncias químicas. Quem está acompanhando a chegada da era de aquário já se ligou que essas ideias estão cada vez mais sendo deixadas pra trás. E já vão tarde.

Em meio a todo caos uma revolução linda está acontecendo, e ela vem recheadinha de palavras como consciência, minimalismo, sustentabilidade, vida natural e SIMPLICIDADE.

A ginecologia natural enquanto forma de compreender e lidar com nosso corpo é a novidade mais velha dos últimos tempos: resgata coisas que a vovó fazia e de repente até tentou nos ensinar, mas a indústria e as propagandas nos convenceram que não funcionavam porque moderno é tomar remédio e viver no tempo acelerado das máquinas.

Trago boas e más notícias: a má é que fomos enganados, a boa é que os tratamentos que nossas ancestrais usavam funcionam, funcionam muito e até melhor do que os da farmácia. Além de serem conscientes, sustentáveis, naturais e SIMPLES.


Excelente representante da volta dos que nunca deveriam ter ido: os banhos de assento.


Adoro,
delícia,
um carinho pra PPK.


Sabem o que acho interessante?

Ele nos pede TEMPO. Nada de mais, entre preparar e deixar a vulva “de molho” não leva mais que 40 minutos. Um tempo que muita gente diz não ter. Mas a reconexão nos chama a sentir, perceber, ouvir e atender aos pedidos do nosso corpo.

Fazer um tratamento natural como os que sugerimos aqui, sentir o cheiro de uma planta exalando da panela, sentir sua energia vital enquanto escuta uma música tranquila ou faz uns minutos de silêncio, vibrando seu interior desejando coisas boas a si mesma. Traz de volta a sensação de verdadeiramente SE CUIDAR.

BEM diferente de engolir um comprimido e seguir a vida.
Experimenta!

•••⠀
Te convido a participar do meu CURSO ONLINE “Ervas e Práticas na Ginecologia Natural” nele vou explicar direitinho como preparar um banho de assento, além de outras práticas como compressas com ervas e muito mais.

Saiba mais em: www.ginecologianatural.com.br/curso-online/
#paixaoporervas

Ilustração @mariammaf

Comentários